28 fevereiro 2013

Prisão de ventre em crianças

Olá mamães corujas!

Hoje venho escrever sobre um assunto muito complicado e muito importante: Prisão de Ventre em crianças.




Percebi que Lucas tinha esse problema quando ele tinha apenas 4 meses. Nesse período ele parou de mamar e começou a tomar o ferro. Comecei a perceber ele muito inquieto e chorão, como ele nunca foi de ter cólicas, eu sabia que tinha algo errado, e isso foi confirmado quando ele não fez o cocô. Passou uns dois dias chorão e eu massageava a barriguinha dele e nada. Depois de muito esforço ele acabou conseguindo fazer e notei que o cocô estava meio estranho, tipo com rachaduras. Levei para a pediatra e ela me disse que eu ficasse de olho e foi isso que fiz. Além disse ela me sugeriu dá suco da água da ameixa e fui fazendo isso. Lucas já está com quase 3 anos, e ainda sofre com esse problema. Mais agora sei como ajuda-lo. 
Umas das coisas que retiramos foi o ferro (vitamina), agora Lucas toma uma vitamina daquelas completas. De acordo com a pediatra dele, o ferro prende ainda mais as fezes no intestino. 
Hoje Lucas tem uma alimentação que favorece seu intestino, bebê muita água, come aquelas barrinhas de cerreal com aveia e menos arroz. Mas se você já percebeu que seu filho sofre para ir no banheiro, fique de olho aberto e converse já com a pediatra.

 Fique atenta há alguns desses sintomas:

* A criança faz menos cocô do que de costume  principalmente se já está há 4 dias sem evacuar e tem dificuldades para eliminar as fezes.
* Fezes muito duras e secas que fazem doer o bumbum.
* Um cocô bem líquido, que só suja a fralda. Pode ser que a parte sólida do cocô esteja presa dentro do intestino, e só a parte líquida esteja saindo. É preciso cuidar para não confundir com diarreia.
* Abdome duro ao toque.
* Dor de barriga que melhora após fazer cocô.
Em casos mais graves:
* Traço de sangue nas fezes.

Agora vamos saber quais as principais causas do intestino ficar preso.

* Alimentação pobre em fibra: Se seu filho toma muito leite e derivados e quase não come frutas, verduras e grãos integrais, pode ficar com prisão de ventre.
* Medo de fazer cocô: Pode acontecer de a criança começar a prender o cocô, por associar há algo doloroso (pode ser que algumas vez tenha doído). E também quando se inicia o processo de desfralde.
Fique de olho se seu filho, fica vermelho, se espreme, se contrai e nada acontece... pode ser que ele esteja prendendo. Isso fazem as fezes se acumular e ficarem duras e ressecadas.

Identificou o problema, o que fazer???

*Primeiramente procure orientação médica.
* Evite dá arroz, banana, maçã e maneire no leite e nos derivados.
* Incentive a correr e brincar pulando todos os dias.
* Dê bastante líquidos.
* Não force a barra para que seu filho saia das fraldas, espere o tempo dele se começar a perceber que ele esteja prendendo para não sujar a roupa de baixo.

Fonte aqui

Espero que tenha ajudado.

Beijos


9 comentários:

  1. Aqui em casa ele sempre teve desde pequeno, uma coisa que ajudou muito como vc, foi dar a agua da ameixa, era uma maravilha, mais agora como está grande não quer mais... Mais vou tentar conversar com o Pediatra novamente para saber mais o que fazer para melhorar.
    Adorei o post!!! Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  2. Ótimas dicas amiga, aqui o Enry tem muito medo de fazer cocô, estou pensando em levá-lo pra psicóloga. Já fiz exames pra saber se tinha algo errado, mas o problema tá na cabecinha dele.
    Já usei muitas táticas pra incentivá-lo mas não estou vendo grandes resultados!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. a minha amiga detectou o problema e o médico pediu pra trocar o leite para o de soja. Foi sucesso total.... Cris

    ResponderExcluir
  4. Assunto importante Jamilly. Quando o Pititco era bem novinho teve uns probleminhas. Teve uma vez que ficou três dias sem fazer cocô. Fiquei doida. Acho que era por causa do NAN, depois que mudei ele melhorou. Hoje o intestino dele funciona que é uma maravilha!

    Bj!

    ResponderExcluir
  5. Sério hein? Não passamos por isso aqui, mas sempre bom ter a informação pras amigas. bjus Andrea e Lara coisas-da-lara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu não cheguei a ter esse problema com a Ingrid, mas sei de amigas que tiveram nos filhos e não é nada fácil.
    Concordo com você, temos logo que ir ao médico

    Beijos
    Lilia

    ResponderExcluir
  7. Oi querida!
    Passando aqui pra minha visitinha semanal, pra ler as novidades e matar saudades do teu blog!
    Tenha um ótimo final de semana!
    Beijos!

    www.asosmamaenadia.com

    ResponderExcluir
  8. Meu filho tá c esse problemas desde dezembro, segui dicas caseiras, já levei em 2 pediatras diferentes q receitaram fibras, laxantes, até supositório ja entrou na história, fui encaminhada p acompanhamento c endocrinopediatra...e té hj ainda n tive resultados 100% satisfatórios, a alimentação foi um pouco alterada (o leite tá em menor quantidade hj), por último fiz exames, ultrasom, raio x e uma tabela de exames de sangue, até agora so recebi a ultrasom q deu td normal, os outros devo receber essa semana e então retorno p endrocrino p ela ver...ele tava faznedo c intervalos de 4 a 5 dias, hj melhorou um pouco, faz a cada 2 dias, mas chora mmmmmmmmmmmmmmmmttttttttttttttttt, esperneia, é terrivel, fisicamente as feses estão melhores, acredito EU q hj essa constipação seja mais psicológica...n sei, dependendo dos resultados dos outros exames e do q a endocrino disser, vou levá-lo num psicólogo p buscar mais ajuda...
    Mas digo c toda propriedade, ISSO NÃO É BRINCADEIRA, atrapalha em tudo, a cça n se concentra na escola, n consegue brincar direito, até p sair p passear é um problema pq ele tem vontade mas n sai.
    O meu nunca teve historico disso, foi a primeira vez, espero q a última tmb, hj ele tá c 4 aninhos.

    ResponderExcluir
  9. olá tudo bem
    to seguindo e amei o cantinho
    me segue também http://diariodoenzogabriel.blogspot.com.br/2013/03/parceria-com-rose-oliveira-fotografia.html

    ResponderExcluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...