06 setembro 2013

A saga por um bom pediatra


Oi Minhas queridas mamães e papais!!!
Hoje vou contar para vocês a minha saga de encontrar um bom pediatra...
Quando estava grávida lia muito sobre como encontrar um bom pediatra e na maioria das reportagens que lia sempre dizia para as mamães conhecerem o pediatra um pouco antes do nascimento do bebê, mas confesso que achava muito esquisito marcar uma consulta com um pediatra e entrar eu no consultório sem bebê (risos).
Além disso, um bom pediatra tem que saber lidar com as crianças e acho que isso só poderia analisar  quando levasse o meu filho ao consultório.  E  isso é um dos principais requisitos na hora de achar um bom pediatra, lógico além do conhecimento cientifico, saber orientar, conversar,ter um bom consultório e outras coisinhas mais... Mas tem que saber lidar com bebês e com as mães preocupadas e desorientadas de primeira viagem como eu, pois quando procuramos um pediatra queremos alguém que podemos confiar, desabafar, perguntar mesmo as menores dúvidas sem nós constranger e principalmente que podemos contar nas horas difíceis(quando os bebês estão doentinhos), que são momentos que mais precisamos de um bom pediatra.

Quando sair da maternidade me orientaram a leva-lo no pediatra no prazo de 10 dias, pensei que tinha muito tempo, que seria tarefa fácil  mas  foi totalmente ao contrario. Esse tempo foi curto demais para uma mãe de primeira viagem achar um pediatra que gostasse e ainda foi uma tarefa super difícil, principalmente porque não tive nenhuma indicação (na minha família a anos que não nasce um bebê e minhas amigas a maioria não tem filho e as que tem moram muito longe ) e também estou falando de uma pessoa importantíssima pois é quem vai me ajudar a cuidar do meu filho por longos anos.

Então fui a vários pediatras próximos ao meu bairro, porque a principio queria um pediatra mais perto da minha casa, mas infelizmente não foi possível, os médicos que fui nem examinaram meu filho direito, mal colocava a mão nele, só queriam passar remédios, não explicava, não perguntava, não passava um telefone em caso de emergência, eu perguntava as minhas duvidas e  mal respondia. Por isso decidi procurar em outro bairro mais longe... Lá achei uma excelente pediatra Dra. Simone que médica maravilhosa! Olhou tudo, perguntou tudo, respondeu tudo, tranquila, me passava segurança, super carinhosa, era meia idade (risos)nem velha e nem nova(como gosto). Achei que minha saga tinha acabado mas como para mim tudo tem que ser mais difícil ,no segunda consulta ela me disse que teria que viajar para Londres para estudar  e não poderia nos atender mais. Fiquei muito triste, pois gostei muito dela, ótima profissional!

Então recomecei minha saga! Tinha mais 30 dias para achar um bom médico. Primeiro comecei a procurar no catalogo do plano e depois no santo Google através de indicação de nomes e o CRM. Testei alguns, quero dizer MUITOS. Uns era muito velho outros muito novos, e sempre a  mesma questão de antes, não examinavam direito, mal colocava a mão no menino... Eu pensava que assim é muito fácil ganhar dinheiro!
E desta vez foi bem pior, pois queria alguém parecida com a Dra, Simone e estava quase impossível. Para falar verdade fui chata para achar uma pediatra e acho que não foi frescura e sim preocupação, pois estava escolhendo uma pessoa muito importante na vida do meu filho, que me ajudaria a cuidar do meu filho que é minha vida, meu tudo...Então não poderia ser qualquer pessoa. Teria que ser alguém especial na qual eu pudesse confiar, me identificar, que olhasse meu filho de verdade, que me orientasse para que a gente juntas pudesse caminhar em uma  mesma direção. E depois de muito tempo e procura encontrei Dra: Cristina (que alivio!). Uma ótima profissional, sempre pronta atender, celular sempre ligado, paciente, tranquila, carinhosa com meu bebê, compreensiva, orienta e esclarece qualquer duvida a menor que seja ´´A melhor profissional que eu poderia encontrar´´.

Bem, cada mamãe e papai tem critérios diferentes para achar um bom pediatra, alguns prefere mais os velhos pela a experiência, outras preferem os mais novos por ter o conhecimento mais novo e  outros como eu preferem os na meia idade (nem velhos e nem novos. Alguns preferem os brincalhões outros os mais sérios,  uns preferem os mais perto de casa, ou que seja pontual.

Mas o mais importante é acharem um pediatra que mais combine com você e seu filho, com sua maneira de pensar, com seu gosto, porque às vezes o que é bom para um não é bom para todos, então o bom é você se identificar com o profissional da sua escolha. Pois esse relacionamento vai durar por muitos anos então melhor que seja com alguém que goste, confie e cuide do seu filho com muito amor e carinho.
            Então foi assim a minha saga para achar um bom pediatra!


Bjos e Até a próxima!!!


10 comentários:

  1. Acho que todo mundo passa por isso.
    O pior é quando encontra e muda de cidade. A procura a começa tudo de novo.
    Bju
    Toninha
    http://www.educar-oprimeiropasso.com/
    http://toninha-ferreira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Aqui procurei muito tb. O pediatra neo natal que atendeu Lucas e um dos melhorea de Fortaleza, mas e extremamente serio, eu nao gostei. Comecei a procurar sempre lamentando o fato da pediatra da minha sobrinha nao atender nosso plano. Para ter certeza se ia gostar dela marquei uma consulta particular e adorei. Me forneceu logo varios telefones de contato e me disse que eu poderia ligar a qualquer horario. Nao pensei mais em nada, trocamos o plano e ate hj ela acompanha o Lucas.

    ResponderExcluir
  3. ah menina fala não como é difícil
    mais no fim valeu a pena você o encontrou

    linda noite bjs

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda continuo procurando um bom pediatra!
    Heitor tinha uma otima, ela que acompanhou o parto, mas ela nao atende mais pelo convenio depois disso começou o meu martiro atras de um pediatra!


    Beijos
    Gleysa
    www.demamaeursa.com
    www.mamaesemrede.com

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga! Olha eu tive foi muita sorte mesmo!
    Depois do parto, mãe de primeira viagem sem noção procurar pediatra? Ninguem na familia com bebes? Meu Deus!
    Não pensei 2 vezes pois o tempo corria e precisava levar meu RN ao pediatra, então abri o livrinho da Unimed, e a primeira que li, liguei e não tinha horario. A segunda que vi, Dra Carmem eu liguei. E me atendeu no dia seguinte por ser RN.
    Muita sorte! Uma excelente pediatra. Cuida do meu primogenito até hj depois de 3 anos e agora cuida do Thiago que nasceu há 8 meses.
    Ótima matéria.
    Beijos e bom final de semana amiga!

    ResponderExcluir
  6. amiga pediatra tem que se escolhido o certo, pois eles que vao nos ajudar né.
    esse que estamos agora é o segundo da alycia e primeiro da bella e eu recomendo esse sim é medico.
    um xeiro

    ResponderExcluir
  7. Eu acredito agora ter encontrando uma boa profissional para acompanhar o meu pequeno. Já que a mesma que acompanhava minha filha não atende mais aqui na cidade.

    Carlah Ventura
    Blog:Intensa Vida

    ResponderExcluir
  8. Quero te convidar pra visitar meus novo/velho blog. Decidi voltar pro meu antigo cantinho www.mamaenadia.com, e tem um post lá no blog explicando porque.
    Espero que você continue me acompanhando mesmo com a mudança!
    Beijos!

    www.asosmamaenadia.com
    www.mamaenadia.com

    ResponderExcluir
  9. Olás! Quem conseguiu um ou uma boa pediatra no RJ pode informar onde ficam e seus respectivos telefones? Sou mamãe de primeira viagem e não quero deixar tudo para a última hora. Obrigada!

    ResponderExcluir
  10. Olá, poderia me passar o contato da sua pediatra e o endereço?

    ResponderExcluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...